Paripe.net

Caixa de Paripe ainda sem solução

Imagem Responsiva


Caixa de Paripe ainda sem solução
Foto: Sindicato dos Bancários

Com um prazo inicial de seis meses de funcionamento, a UTA (Unidade Temporária de Atendimento) da Caixa, em Paripe, Salvador, já presta serviço aos clientes há dois anos e quatro meses. 


 
Em maio deste ano, a reportagem do Sindicato da Bahia denunciou a precária estrutura do local. De lá para cá, nada mudou. Infiltrações, paredes descascando e piso esburacado são só alguns dos problemas encontrados.


 
Quem pensa que a Caixa tem pressa em resolver a situação está enganado. A obra para construção de uma nova agência parece ser interminável. São apenas dois pedreiros. Às vezes, um. 


 
Enquanto isso, a UTA, onde quase não há espaço para os correntistas circularem ou esperar atendimento, é usada como alternativa. A instituição financeira já demonstrou, inclusive, em mesa de negociação, que não está interessada em melhorar as condições de trabalho para os bancários. 

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia