Paripe.net

Fechamento de agência da Caixa gera protesto em Paripe

Imagem Responsiva


Fechamento de agência da Caixa gera protesto em Paripe
Foto: Reprodução

Os diretores do Sindicato dos Bancários da Bahia realizaram manifestação na última terça-feira (26), na Caixa Econômica Federal de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador. O protesto foi contra o fechamento da agência do banco no bairro.


O presidente da entidade de classe, Augusto Vasconcelos, afirmou que “o sindicato está nas ruas para desarticular as manobras de Temer. Vamos continuar denunciando e alertando a população sobre os prejuízos que todos nós, brasileiros, já estamos tendo com o desmonte das empresas públicas”.


Recentemente, a Caixa anunciou que até 120 agências vão fechar no país. Entre elas, duas em Salvador: em Campinas de Pirajá e a de Paripe.


Com cerca de 55 mil habitantes, segundo o IBGE, Paripe é o bairro suburbano mais populoso da cidade e o comércio local é a fonte de renda de muitas famílias, entre lojas, padarias, restaurantes e bares.


Segundo o sindicato, a população também aderiu ao protesto. “Essa agência tem cerca de 16 mil correntistas, eu sou um deles. Ficaremos no prejuízo. Sem contar que os beneficiados do Bolsa Família e PIS vão ficar desamparados”, desabafou o porteiro José Erenildo Lima.


Com o fechamento da agência de Paripe, a alternativa para os moradores é recorrer à unidade de Periperi, que já sofre com a superlotação.