Paripe.net

Hospital do Subúrbio completa 10 anos com 98% de satisfação do usuário



“Fiquei na UTI acordada e lá fui bem tratada. A médica foi nota dez, conversava comigo e me dava apoio. Os enfermeiros também foram muito bons para mim. Apesar do sofrimento que tinha por estar internada, estou viva e a recordação que tenho do atendimento é muito boa”. O depoimento de Sônia Maria Ferreira de Souza, de 66 anos, que ficou 12 dias internada no Hospital do Subúrbio devido à COVID-19 e perdeu sua filha mais nova por complicações da doença, é uma pequena amostra da satisfação sentida por aqueles que passam pelo hospital necessitando de atendimento de urgência de média e alta complexidade.

Completando 10 anos de existência neste mês de setembro, o HS registra alto índice de satisfação de seus pacientes e acompanhantes. Na última pesquisa interna, realizada de 14 de junho a 13 de setembro deste ano, 98,76% dos usuários se declararam satisfeitos com o atendimento.

O histórico de contentamento com os serviços prestados pelo HS se mantém ao longo do tempo. Em outubro de 2019, pesquisa feita por verificador independente apontou satisfação de 96,9%. O número elevado corrobora o que os prêmios internacionais conquistados nos últimos anos e a certificação obtida através da Organização Nacional de Acreditação atestam: a qualidade de excelência da assistência ofertada.

Responsáveis por assistir direta ou indiretamente os pacientes, os profissionais que atuam no HS também compartilham do mesmo sentimento de alegria, partindo de uma perspectiva diferente já que, ao invés de receberem atendimento, são eles que o realizam. “São 10 anos de muita luta e satisfações. O HS é um hospital no qual eu tenho muito prazer em trabalhar, por ter uma equipe que acolhe a todos e onde não há qualquer tipo de discriminação”, afirma a enfermeira Gleice Pimentel.

Para a coordenadora de enfermagem Milene Aguiar, “é um privilégio estar há 10 anos no HS, acordar todos os dias e ter vontade de ir para o trabalho, fazendo com que o objetivo final seja a assistência ao paciente da melhor qualidade”. O médico André Soledade, coordenador da Pediatria do HS, complementa: “A experiência de trabalhar no Hospital do Subúrbio tem sido maravilhosa desde o primeiro dia e ao longo desses 10 anos. É muito bom ter a oportunidade de trabalhar numa instituição que nos valoriza enquanto profissional e como pessoa, e que tem como primeiro objetivo o atendimento de qualidade ao paciente do SUS”.

Números – Desde o início do seu funcionamento, em 14 de setembro de 2010, foram mais de 830 mil pessoas atendidas e 98 mil procedimentos cirúrgicos realizados no Hospital do Subúrbio. As causas externas (acidentes e violências, como os provenientes de trânsito, afogamentos, quedas, envenenamentos, agressões e homicídios) são o principal motivo das internações no HS, representando, atualmente, 26% do total. Em seguida, verificam-se as doenças do aparelho circulatório e cerebrovasculares, refletindo 22,8% das internações, e as doenças do aparelho digestivo, com uma fatia de 12,8%.