Paripe.net

Lobato é o bairro que mais registrou homicídios este ano em Salvador

Imagem Responsiva


Lobato é o bairro que mais registrou homicídios este ano em Salvador
Foto: Reprodução

Nos últimos quatro anos, o  Lobato, com população de 29.169 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sempre se manteve entre os dez com maior número de assassinatos na lista dos mil primeiros homicídios do ano. Mas, em 2015, as mortes chegaram a 26, o que levou o bairro ao topo da lista.
 

No entanto, segundo os comandantes de duas das três Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs) que cobrem a área, o número de assassinatos lá diminuiu no primeiro semestre deste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado. O major Kley Oliveira, comandante da 14ª CIPM (Lobato), diz  ter registrado somente nove assassinatos até o dia 12 de julho.


“Quando eu cheguei aqui, no final de março, já tinha sido computado um número bem maior de homicídios, mas a gente está diminuindo”, afirma o comandante, destacando que vem realizando a Operação Madrugada Feliz  e a Ronda Escola para reduzir ainda mais os índices.


Já o major Roberto Araújo, comandante da 16ª CIPM (Comércio), que responde pela localidade de Santa Luzia do Lobato, destacou que o último homicídio por lá aconteceu no dia 6 de maio. A vítima foi Fabiano Rodrigues Bispo Passos, 18, assassinado na Avenida Afrânio Peixoto, a Suburbana. 


Outro trecho do Lobato é coberto pela 17ª CIPM (Uruguai). O comandante não foi encontrado para comentar os números. Mas o delegado Guilherme Machado, da 3ª Delegacia de Homicídios (DH), que cobre a área, disse que o número de assassinatos no Lobato diminuiu. Ele computa 21 casos até o dia 12 de julho. 


“No Lobato, eu estou com redução de 4,8% em relação ao ano passado. Não teve aumento”, declarou. Também não foi encontrada a titular da 3ª Delegacia (Bonfim), responsável por um trecho do Lobato. Já a delegada Celia de Cássia Fernandes, titular da 29ª Delegacia (Plataforma), preferiu não comentar os dados, já que a unidade foi criada somente em outubro do ano passado.

Fonte: Correio24horas