Paripe.net

Maternidade no Subúrbio ganha unidade para emissão de certidão de nascimento

Imagem Responsiva


Maternidade no Subúrbio ganha unidade para emissão de certidão de nascimento
Foto: Reprodução | Google Maps

A Maternidade João Batista Caribé, localizada em Coutos, no Subúrbio, ganhou nesta sexta-feira uma, 3 de outubro, uma unidade para emissão da certidão de nascimento. O objetivo é garantir aos recém-nascidos o registro antes da alta hospitalar, diminuindo assim o sub-registro na região. A unidade é a oitava a ser interligada cartório-maternidade no estado.


"O registro civil de nascimento é o primeiro direito do cidadão. Implantar uma unidade como essa é garantir à população do Subúrbio um direito fundamental às famílias", destacou a secretária de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Ariselma Pereira.


A ação é resultado da parceria entre o governo federal, por meio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), e faz parte do programa de Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento.


A cerimônia contou com a presença da diretora da maternidade, Maria Letícia Carvalho, da juíza corregedora do Tribunal de Justiça, Márcia Mascarenhas, da superintendente de Atenção Integral à Saúde, Gisélia Santana e da diretora de Gestão do Cuidado da Sesab, Liliane Mascarenhas.


De acordo com Gisélia Santana, o serviço implantado hoje no Hospital João Batista Caribé é de essencial importância para garantir a cidadania dos moradores do Subúrbio da capital baiana, desde os primeiros dias de vida. "Logo após o nascimento, o bebê já sai daqui como um cidadão brasileiro, com a sua certidão, que é o primeiro documento necessário para ter acesso aos serviços públicos", explicou a superintendente.


"Esta unidade está sendo adequada para ser uma unidade referência para a mulher, desde os exames ginecológicos até o pré-natal", avaliou Liliane Mascarenhas.