Paripe.net

Ouvidoria Ativa conhece demandas da população em Paripe

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


Ouvidoria Ativa conhece demandas da população em Paripe
Foto: Camila Souza/GOVBA

Foi com apresentações culturais que a Ouvidoria Geral do Estado (OGE) chegou ao bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, na manhã desta quarta-feira (4). O projeto vai às comunidades da capital e também ao interior baiano para conhecer as demandas da população, além de divulgar os canais de comunicação com a Rede de Ouvidorias Especializadas do Estado, formada por 83 unidades. Nesta quarta, o projeto foi até o Colégio Estadual Sete de Setembro, e convidou alunos, pais, e os moradores de Paripe para participar da iniciativa.


Segundo o ouvidor geral do estado, José Maria Dutra, a ideia é trabalhar junto à população para melhorar cada vez mais os serviços prestados pela administração pública. “Buscamos esse contato com a população para entender melhor as necessidades dessas pessoas, a ouvidoria já tem os seus canais de atendimento, mas, com o projeto, nós vamos até onde as comunidades estão. Ouvindo as pessoas nós conseguimos avaliar como estão os serviços públicos nas regiões e aprimorar”, explicou o ouvidor.


Para o diretor do Colégio Sete de Setembro, Diógenes Ribeiro, ter acesso ao serviço da ouvidoria é fundamental. “Numa gestão democrática e participativa, nós temos que procurar canais de informações com o Governo do Estado, e por isso pedimos a Ouvidoria que viesse até aqui, para que a população pudesse estabelecer esse canal de comunicação. Suas reivindicações, suas propostas, solicitar serviços. Esse é um retorno que podemos ter, tanto do trabalho oferecido pela escola, como também pela administração pública”, explicou o diretor.


O Ouvidoria Ativa já passou pelos bairros de Boa Esperança, Fazenda Coutos, San Martin, Uruguai, Saboeiro, Santo Inácio, 2 de Julho, São Gonçalo e Curuzu, em Salvador, além dos municípios de Feira de Santana, Macaúbas e Lauro de Freitas, sempre divulgando os canais de atendimento, nos quais qualquer pessoa pode participar. A população pode dar sua contribuição através do atendimento presencial no Centro Administrativo da Bahia (CAB), pelo site da OGE (www.ouvidoriageral.ba.gov.br), através do telefone 0800 284 0011, pelo WhatsApp (71) 99911-7631, ou ainda pelo Facebook (/ouvidoriageraldabahia), Twitter (@ouvidoriageral) e postos do SAC Móvel.


O presidente da Associação das Pessoas com Deficiência de Salvador e Região Metropoalitana, Jailson Carvalho, participou do encontro em Paripe. “Como cadeirante, eu vim registrar sugestões para o transporte intermunicipal para pessoas com deficiência. Aproximar os órgãos estaduais para atender as demandas de cada setor, como nesse projeto da ouvidoria, aproxima o próprio Estado do povo, melhorando a qualidade dos serviços oferecidos para o povo”, afirmou Jailson.