Paripe.net

Proposta de Bacelar retira professores da reforma da Previdência

Imagem Responsiva


Para manter direitos dos professores, o deputado federal deputado Bacelar ( Podemos-BA) apresentou, na quarta-feira (29), uma emenda ao texto da reforma da Previdência do governo Bolsonaro. A proposta do parlamentar mantém o atual modelo de aposentadoria dos docentes, que prevê idade mínima de 55 anos e 30 anos de contribuição para os homens e 50 de idade e 25 anos de trabalho para as mulheres. 

"Pela proposta de Bolsonaro, professores e professoras das redes pública e privada só poderão se aposentar aos 60 anos de idade. Além disso, todos deverão contribuir por, pelo menos, 30 anos, ou seja, só aumentou o tempo de trabalho e de contribuição. As mulheres serão as mais prejudicadas porque terão dez anos a mais na jornada. Precisamos evitar esse prejuízo para a categoria", disse o deputado.

A proposta de Bacelar contou com o apoio de 200 parlamentares, em uma demonstração de que parte expressiva da Câmara está preocupada com a valorização dos professores. " Ter conseguido apresentar esta emenda foi uma vitória. Muitos deputados estão resistentes, principalmente, da base governista, mas conseguimos mostrar que os professores já têm uma rotina de trabalho exaustiva e não podem ser ainda mais prejudicados. Agora é trabalhar para que o texto seja aprovado", finalizou Bacelar.