Paripe.net

Atleta do Subúrbio 360 disputa Campeonato Brasileiro de Seleções de Vôlei

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


O Subúrbio 360, em Coutos, vem se destacando em projetar talentos no esporte em nível local e nacional. Uma das atletas destaque da instituição municipal é Kauane Conceição, de apenas 14 anos, que esta semana disputará o Campeonato Brasileiro de Seleções de Vôlei (CBS), na cidade de Maringá (PR), pela Seleção Baiana de Vôlei.
 
Kauane já acumula alguns títulos, dentre eles, o de campeã no Campeonato Baiano de Vôlei de 2023 e na Copa Salvador deste ano. No baiano ainda recebeu premiações como melhor jogadora e melhor ponteira da competição sub-18. Ela coleciona cinco troféus e 17 medalhas em um ano.
 
"Eu amo jogar vôlei. Ele entrou na minha vida e transformou tudo. Antes de praticar esporte eu não fazia quase nada na minha vida, além de estudar. Mas com o vôlei eu penso em crescer como pessoa e como jogadora. Me deu um incentivo para viver", afirmou.
 
Ela é a única na família a praticar esporte, e na quadra tem sido referência para outros membros da equipe. "Eu motivo muito as meninas e elas se inspiram muito no meu fundamento, no meu passe e ataque, dentro da quadra. Minha expectativa é que a gente suba de divisão. A gente tem capacidade, treinamos forte durante todo esse último mês. Eu acredito que a gente vai conseguir", contou, tímida.
 
Moradora de Valéria, a estudante refletiu sobre o impacto da prática esportiva na promoção de mudanças sociais. Para ela, espaços como o Subúrbio 360 ajudam comunidades a terem outras perspectivas de vida.
 
"O Subúrbio 360 é um lugar feito para a comunidade. Um espaço que permite a gente treinar mesmo sem dinheiro, transforma as pessoas de verdade. Lá que conheci o meu melhor técnico, que me ajuda e incentiva quando preciso, assim como meus pais, Erika e André, que fazem questão de me ajudar no vôlei", completou.
 
Subúrbio 360 – O espaço oferece mais de 15 modalidades esportivas e culturais gratuitamente aos soteropolitanos, como jiu jitsu, karatê, taekwondo, capoeira, futsal, dança do ventre, canto coral, dança urbana, teatro, balé, funcional e zumba. O local, que é gerido pela Prefeitura, é um polo para o desenvolvimento social e beneficia mais de mil pessoas por meio destas atividades.