Paripe.net

Parte do terminal marítimo de São Tomé de Paripe desaba

Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva
Imagem Responsiva


Parte da ponte do terminal marítimo de São Tomé de Paripe, no subúrbio de Salvador, que está desativado, caiu no final da manhã deste sábado (4). Ao menos uma pessoa ficou ferida.

O terminal está desativado, mas seguia sendo utilizado por ser o único local de acesso de embarcações que fazem a travessia entre São Tomé de Paripe e a Ilha de Maré, que pertence a Salvador e faz parte do arquipélago da Baía de Todos-os-Santos.

Por causa do rompimento da ponte, as testemunhas contam que ao menos duas pessoas caíram na água. Uma delas transportava um isopor com bebidas e demais produtos, que seriam vendidos na praia.

"Eu estava acompanhando um cliente na minha barraca, quando vi a situação, corri e registrei tudo. Um rapaz ficou ferido, se arranhou, machucou o dedo, mas o material que ele levava ficou lá na água", conta Mario Gonzaga que é dono de uma barraca de praia em São Tomé de Paripe.

O terminal é de responsabilidade da Secretaria Estadual de Infraestrutura. Até o momento, o órgão não se posicionou sobre o desabamento da ponte.

Desde 2016, segundo denúncia de moradores e dos marinheiros que trabalham no local, que o terminal marítimo foi desativado. Diante da situação, eles precisaram passar pela ponte que já apresentava problemas de infraestrutura, ou entrarem nas embarcações caminhando pela água.

Em 2017, com o terminal desativado, usuários já reclamavam de ter que fazer a travessia entrando no mar. No entanto, as embarcações maiores, não conseguem se aproximar da areia para que as pessoas entrem e por isso, os passageiros seguiram se arriscando ao andar pela ponte e entrar nos barcos para a travessia com destino a Ilha de Maré.

Informações: G1 BA